Katy Perry a Pin-Up do Século XXI

Katy Perry acabou sendo conhecida no mundo inteiro por seu gênero músical, o Pop Rock e o Electropop. E também por seu estilo PIN-UP  inpirado nas Divas dos anos 50. Mas poucos conhecem a sua história e a sua verdadeira origem.

Seu estilo de se vestir é fortemente influenciado pela moda conhecida como pin-up, que baseia-se nos estilos da década de 1940 e 1950, que abrange peças de roupas coloridas que variam de verde água, azul turqueza, rosa velho, verde e vermelho, mas também é vista usando roupas estampadas de flores. Em entrevista, Perry revelou que inspirou-se no estilo da personagem Lolita do filme de Adrian Lyne, Lolita. Em algumas ocasiões ela investe no estilo da década de 1980, usando leggings, sneakers, sapatilhas, vestidos e tops compridos e soltos com muita cor e estampa. Em cerimônias de premiação ou em outros eventos de glamour, a cantora abusa de roupas que exibem elegância e transmitem sua personalidade extrovertida e simpática, usando corseletes, vestidos e macações geralmente feitos com tecidos acetinados com estampas coloridas e babados.

Além do pin-up, Katy Perry inspirou-se também no estilo de Cindy Lauper, Joan Jett, Pat Benatar e Shirley Manson, onde busca usar roupas extravagantes e bizarras em suas performances. Ao longo de sua carreira, a cantora já apareceu vestida de sushi, ovo, Minnie Mouse, Freddie Mercury, Hello Kitty, Carmem Miranda, entre outros diversos trajes polêmicos. No MTV Europe Music Awards 2009, ela abriu o evento vestida e fazendo homenagem à Marlene Dietrich.

Em entrevista com a revista Fabulous, a cantora revelou que planeja lançar sua própria linha de roupas, segundo ela, inspiradas em pin-up e Lolita e no estilo de Agyness Deyn e Dita Von Teese. Seu estilo inspiraram estilistas que criaram um modelo especial do MINI Cooper, pintado de cor-de-rosa com estampa de leopardo. Segundo o site brasileiro Car Sale, o automóvel vai ser leiloado num evento de solidariedade que acontece anualmente na Áustria, com vista a arrecadar fundos para a luta contra o vírus da AIDS. Ainda no contexto de seu estilo, ela inspirou uma grife de lingeries com uma roupa usada no MTV Europe Music Awards 2009, que será vendido por 300 libras, equivalente à 750 reais.

Sua História

Katheryn  Elizabeth Hudson mais conhececida como “Katy” nascida em Santa Bárbara, Califórnia no dia  25 de outubro de 1984,  é uma cantora e compositora estadunidense. Filha de um casal de pastores evangélicos, quando era criança cantava em igrejas e lançou um álbum de estúdio de estilo gospel em 2001, intitulado Katy Hudson, gravado pela Red Hill Records; mas apesar disto, fixou-se na música pop e pop rock, estilos que vêm sido trabalhado por Perry desde 2004.

Em 2005, assinou um contrato com a Columbia Records e gravou um álbum de estúdio intitulado The Matrix junto ao grupo The Matrix, que já haviam trabalhado com Britney Spears, Avril Lavigne e Korn. Além de chagar a lançar o videoclipe da canção “Broken”, o álbum não foi lançado. Após assinar com a Island Def Jam Records em 2005, a cantora conheceu Glen Ballard e junto à ele, compôs e produziu um novo álbum de estúdio, (A) Katy Perry, mas que foram cancelados também. Em 2006, ela participou do single da banda gospel P.O.D, “Goodbye for Now, mas não prosseguiu com o gospel.

O sucesso de sua carreira musical começou em 2007, com o lançamento do seu primeiro extended play, “Ur So Gay”, onde a cantora faz piada ao estilo emo de seu ex-namorado. Com o lançamento de seu álbum de estúdio One of the Boys, a cantora tornou-se uma ícone da música pop, com canções como “I Kissed a Girl” e “Hot N Cold”, que ficaram no topo das paradas musicais de todo o mundo. Em novembro de 2009, Katy Perry lançou um MTV Unplugged com as canções de One of the Boys; no final de 2009, trabalhou com 3OH!3 na canção-remix “Starstrukk” e com Timbaland em “If We Ever Meet Again”. Atualmente, a cantora está gravando seu segundo álbum, que será lançado em 2010.

Infância, educação e interesse musical

Katheryn Elizabeth Hudson , filha de um casal de pastores evangélicos — Keith e Mary Hudson. Em entrevista ao jornal Metro International, Katy relatou possuir ascendência portuguesa por parte de sua mãe. Ela possui dois irmãos, um mais novo e uma mais velha e é sobrinha do cineasta Frank Perry e da roteirista Eleanor Perry, ambos falecidos irmãos de Mary Hudson. Quando criança, escutava apenas músicas gospel, pois era proibida de ouvir canções de outros estilos musicais, que eram chamados de “músicas seculares” por seus pais. Como filha de pastores, participava de escolas dominicais, acampamentos religiosos e chegou a fazer aulas de dança em um salão em Santa Barbara, onde aprendeu a dançar swing, Lindy Hop e jitterbug. Segundo a cantora, ela competia musicalmente com sua irmã mais velha porque queria “copiar sua irmã e tudo o que ela fazia” e devido a isso, praticava seu canto com fitas cassetes, que eram frequentemente roubadas por Katy para treinar. Ela performou para seus pais e eles sugiriram que ela tivesse aulas de canto. Durante um certo período, Katy cantava publicamente em restaurantes e reuniões familiares.

Ela foi batizada e aos nove anos de idade, começou a cantar no coro musical de sua igreja até os dezessete anos. Depois de conquistar seu certificado de “Desenvolvimento Educacional Geral” (em inglês GED), ela decidiu prosseguir sua carreira com a música. Ela também estudou o canto nove até os dezesseis anos de idade. Mais tarde chegou a estudar ópera na Faculdade de Música do Oeste em Santa Bárbara, mas por pouco tempo.

Com seu estilo retrô e ousado, Katy Perry conquistou a atenção de Madonna e Miley Cyrus por criar contrastes que transmitem a imagem de inocente e demonstra ter uma personalidade humorística e extrovertida, que fizeram a cantora ser a única artista a apresentar duas vezes consecutivas o MTV Europe Music Awards (de 2008 e 2009). Além deste recorde, a cantora entrou para o Guinness Book em 2009 devido ao grande número de downloads legais das canções “Hot N Cold” e “I Kissed a Girl”, que totalizaram mais de dois milhões. Perry também está presente na lista dos 20 Artistas de Melhores Shows, na posição #17.

Início, Katy Hudson e projetos cancelados

Durante sua adolescência, Katy passou a ouvir algumas canções proibidas por seus pais como as de Queen, The Beach Boys, Heart, Joni Mitchell, Paul Simon, Cyndi Lauper e Alanis Morissette, estilos musicais e cantores que vieram a influenciar em suas canções mais tarde. Aos quinze anos de idade, ela mudou-se de Santa Bárbara para Nashville, onde trabalhou com algumas pessoas ligadas à música country e gravou alguns Demos tape à eles, em troca de aprender a tocar guitarra.

Em 2001, Katy lançou seu primeiro álbum de estúdio, Katy Hudson, que traz onze faixas de gênero gospel. O site TheFish.com comentou sobre o álbum gospel e completou dizendo: “suas habilidades para compor canções são tão fortes, é difícil de acreditar que ela tem apenas 16 anos e que tinha 15 quando compôs a maioria destas canções”. O álbum foi gravado em 2000-2001 e lançado pela Red Hill Records, totalizando pouco mais 48 minutos.

Drásticas mudanças ocorreram tempos depois do lançamento do álbum. A cantora mudou de “Katy Hudson” para “Katy Perry” pois seu primeiro nome artístico era muito parecido com a da atriz Kate Hudson e além disto, o nome ‘Perry’ era o sobrenome de solteiro de sua mãe. E além disso — como mostrado no videoclipe de “Ur So Gay”, mais tarde em 2007 — a cantora pintou seu cabelo de louro para negro, após seu desentendimento com um namorado.

Em 2004, assinou com a Island Def Jam Records e conheceu o produtor musical Glen Ballard, com quem compôs algumas canções como “Box”, “Diamonds” e “Long Shot”, que vieram a constituir o álbum (A) Katy Perry. Infelizmente, o álbum foi cancelado e algumas canções foram renomeadas e passaram a pertencer ao álbum de Kelly Clarkson, All I Ever Wanted.

Katy Perry assinou um contrato com a Columbia Records e gravou em 2005 o álbum The Matrix, que já havia trabalhado com outros cantores como Avril Lavigne, Liz Phair e Britney Spears. Nessa época, a cantora começou a chamar a atenção dos grandes produtores e executivos da indústria fonográfica. Foi lançado o videoclipe da canção “Broken”. Nos estágios finais da concretização do álbum, o lançamento foi cancelado. O álbum The Matrix foi lançado pela Let’s Hear It Records somente em 2009, quando Perry já havia lançado seu álbum mainstream.

Perry havia participado vocalmente e no videoclipe do P.O.D., “Goodbye for Now”. Ela ainda fez uma aparição no videoclipe do Carbon Leaf, “Learn to Fly” e do Gym Class Heroes, “Cupid’s Chokehold”, onde possue ficcionalmente um relacionamento com o vocalista, Travis McCoy.

One of the Boys e MTV Unplugged

Durante um curto espaço de tempo, Perry trabalhou na empresa independente de A&R, conhecida como Táxi Music, como crítica musical. Ela conheceu Jason Flom, ex-presidente da Capitol Records, e, graças a ele, assinou com a então gravadora. Em entrevista, Flom havia intitulado a cantora de “aventureira musical” e completou dizendo que “ela é exatamente o tipo de artista que a Capitol Records precisa, com uma personalidade e estilo únicos que a definem como a estrela da próxima geração”. Perry assinou contrato na primavera de 2007, ganhou a liberdade e a autonomia que sempre quis e conheceu alguns produtores musicais como Dr. Luke.

Seu primeiro álbum de estúdio começou a ser gravado durante 2007, mas a Capitol Records decidiu lançar primeiro o EP digital chamado “Ur So Gay” com a intenção de introduzir a cantora no mercado musical. Lançado em novembro do mesmo ano, o EP teve um bom desempenho na internet logo após Madonna elogiar a canção nas rádios norte-americanas KISS-FM e KRQQ. Perry começou a aparecer na televisão e nas rádios, mas desde então tem sido criticada pelo EP — que compara o estilo emo ao homossexualismo — que foi interpretado como homofóbico. Em 10 de março de 2008, ela foi convidada para aparecer em um episódio do programa Wildfire do canal norte-americano ABC Family. Em um show ocorrido em setembro de 2008, a cantora dedicou a canção a banda alemã emo Tokio Hotel.

Com seu álbum próximo ao lançamento, a Capitol Records lançou em 6 de maio de 2008 o primeiro single da cantora, “I Kissed a Girl”; a canção tornou-se polêmica mundialmente por tratar o tema homossexualismo lésbico. Em entrevista à revista norte-americana Steppin’ Out, a cantora revelou que a canção foi inspirada na atriz Scarlett Johansson, idéia que partiu de uma conversa com seu ex-namorado Travis McCoy. Mais tarde revelou que a verdadeira inspiração foi sua amiga de infância, que tinha “brilho labial de cereja”, trecho da canção. Apesar do contexto musical, Perry é heterossexual e, devido a isso, tem sido fortemente criticada pelos homossexuais — que crêem que a cantora usou a canção para ganhar dinheiro e não pela causa homossexual — e pelos moralistas — que afirmam que a canção induz as garotas ao caminho lésbico. Segundo o site E! Online, a cantora estaria cotada para beijar a atriz Lindsay Lohan em uma performance na cerimônia do MTV Video Music Awards, que iria ao ar em setembro do mesmo ano. O single foi um sucesso mundial, alcançando o topo das paradas musicais do Australia Singles Top 50, Canada Singles Top 100, Germany Top 100 Singles, Ireland Singles Top 50, Japan Singles Top 100, Swiss Singles Top 100, UK Singles Top 75 e US Singles Top 100. A cantora criou uma grande polêmica ao leiloar um molde de seus seios, mas que visava arrecadar fundos contra o câncer.

Em 17 de junho de 2008, ela lançou oficialmente seu álbum intitulado One of the Boys. A Revista Blender classificou o álbum com 3.5 estrelas, chamando-o de “divertido e com gêneros confusos” (devido a superioridade feminina e ao homossexualismo). A Boston Globe, Observer Music Monthly, The New York Times, The Guardian, Rolling Stone e Slant Magazine também comentaram sobre o álbum. No verão de 2008, ela embarcou no festival de música Warped Tour, onde iniciou suas apresentações em 20 de junho em Pomona, Califórnia. Sua performance foi apresentada na Califórnia, Arizona, Texas, Ohio, Nova York, Michigan, dentre outros estados americanos. Perry e seu guitarrista apresentaram-se na Rockefeller Plaza, Manhattan, Nova Iorque durante as filmagens do The Today Show da NBC em 29 de agosto.

Ela esteve presente no MTV Video Music Awards de 2008 em 7 de setembro, onde chegou e entrou na cerimônia acompanhada de Miley Cyrus[55]. Além do grande sucesso, “I Kissed a Girl”, Perry performou “Like a Virgin”, de Madonna. Ela concorreu em cinco categorias: Melhor Clipe de Cantora, Artista Revelação, Melhor Direção de Arte (Benji Bamps), Melhor Edição (Tom Lindsay) e Melhor Fotografia (Simon Thirlaway), ambas por “I Kissed a Girl”. Em 30 de setembro seu segundo single foi lançado, “Hot N Cold”. Bem como o primeiro, “Hot N Cold” alcançou o topo das paradas musicais dos Estados Unidos e internacionais. No Denmark Top 20 Singles, World Dance/Trance Top 30 Singles, Europe Official Top 100 e Ukraine Top 40 ficou na posição #1, bem como no Canada Singles Top 100, Germany Singles Top 100 e Austria Singles Top 75. No Belgium Singles Top 50, US Singles Top 100, UK Singles Top 75 e New Zealand Top 40, a canção variou da posição #2 à #5. Em 16 de outubro, Katy Perry participou e concorreu em duas categorias do Los Premios MTV Latinoamérica de 2008: como Hit do Ano (com “I Kissed a Girl”) e Melhor Artista Revelação Internacional, mas perdeu para a banda alemã, Tokio Hotel. No evento realizado em Guadalajara, no México, a cantora performou o sucesso “I Kissed a Girl” e depois se jogou contra um bolo gigante.

Ela participou do ‘Youtube Live’, show ao vivo do Youtube, onde performou seu último single, “Hot N Cold”. A cantora apresentou o MTV Europe Music Awards de 2008, que ocorreu no dia 6 de novembro, em Liverpool, Inglaterra. Ela foi indicada nas categorias Artista/Banda Revelação e CançãoFavorita do Ano (com “I Kissed a Girl”). A cantora polemizou por suas diversas trocas de roupas no evento durante as performances, incluindo um extravagante vestido acompanhado de um carrossel giratório. Quando recebeu o prêmio de Artista/Banda Revelação, a cantora subiu ao palco vestindo uma camiseta com o rosto de Barack Obama estampado. Após a cerimônia de premiação, ela anunciou sua turnê independente, Hello Katy Tour, que iria iniciar em 23 de janeiro de 2009. Segundo o site do Billboard Brasil, a cantora revelou que o design de seus shows baseia-se em sua obsessão por gatos e frutas. A turnê teve um breve desvio para a apresentação do 51º Grammy Awards, onde a cantora promoveu o My Grammy Moment, onde um fã se apresentou ao seu lado durante sua performance de “I Kissed a Girl” na cerimônia. Ela pousou para a revista americana FHM, onde foi intitulada como uma das “Mulheres Mais Calientes de 2008”, junto a Megan Fox e Olga Kurylenko.

Em novembro de 2008, uma série de polêmicas ocorreram envolvendo Perry com a cantora inglesa Lily Allen, que também assinou com a Capitol Records. Em uma entrevista, Katy Perry descreveu a si mesma como “uma versão mais gorda de Amy Winehouse e mais magra de Lily Allen”. Quando ouviu a notícia, Allen protestou chamando a cantora de “cópia norte-americana” e mandando-a calar a boca. Perry pediu desculpas por ironizar o peso da cantora inglesa. Allen ainda ameaçou publicar o número do celular da cantora norte-americana no seu Facebook e ofendeu as composições de sua rival.

Seu terceiro single foi lançado em 12 de janeiro de 2009, “Thinking of You”. A canção, ao contrário dos dois singles anteriores, possui como gênero a balada romântica e trata-se de relacionamentos que não deram certo. Ficou na posição #11 no France Singles Top 100, #18 no Austria Singles Top 75 e Dutch Top 40, #29 no Sweden Singles Top 60 e US Singles Top 100. Seu quarto e último single de One of the Boys, “Waking Up in Vegas”, foi lançado em 21 de abril de 2009 nos Estados Unidos e em 8 de junho no Reino Unido. Ficou na posição #2 no Canada Singles Top 100, #3 no Canada Top 40 e Japan Top 20, e #8 no Ireland Singles Top 50. No dia 16 de maio de 2009, Katy Perry esteve em Viena, Áustria e participou do Life Ball, um evento de gala beneficente que arrecada fundos contra AIDS. Ela chamou a atenção ao chegar ao palco em uma concha. No MTV Video Music Awards de 2009, ocorrido em 13 de setembro no Radio City Music Hall, Katy Perry e o guitarrista Joe Perry performaram “We Will Rock You”, da banda Queen[75], durante a abertura oficial da cerimônia, seguido pela chegada de Russel Brand, apresentador do evento e atual noivo da cantora. Perry foi indicada à Melhor Videoclipe de Artista Feminina com seu segundo single, “Hot N Cold”, mas não ganhou.

Ela apresentou o MTV Europe Music Awards de 2009. Pela primeira vez em quinze anos de história, um mesmo artista apresentou a cerimônia duas vezes consecutivos. O evento foi emitido ao vivo na MTV, em Berlim, no dia 5 de novembro. Dias antes da cerimônia, ela promoveu uma campanha do evento com um estilo sedutor. Ela ainda concorreu em duas categorias: Melhor Vídeo (com “Waking Up in Vegas”) e Melhor Artista Feminina. Durante a abertura, a cantora homenageou Marlene Dietrich e fez cover de “I Gotta Feeling”, “When Love Takes Over”, “Use Somebody”, “Halo” e “Poker Face”. Durante as performances de outros artistas, Katy Perry trocou de roupa, que totalizaram-se em doze trocas.

Parcerias e segundo álbum de estúdio

Em 8 de setembro foi lançado oficialmente o single remix da dupla 3OH!3, “Starstrukk” que conta com a parceria de Perry. Eles gravaram o videoclipe do single no Natural History Museum of Los Angeles County (Museu de História Natural de Los Angeles) na Califórnia. O videoclipe foi lançado no dia 28 de outubro na MTV e MTV 2 e foi tocado na KISS-FM. Katy Perry também escreveu a canção Time’s Up, que faz parte do álbum Guilty Pleasure, de Ashley Tisdale.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Kate_perry

21 de janeiro de 2010. Moda, Musica.

2 Comentários

  1. Sara Cristtine replied:

    EU AMOOOO a KATY PERRY!!!!:D:))))
    Seus estilos de roupas Pin-up
    são lindoos!!!Sem dizer que as
    músicas dela arrebentam!!!!:)))
    Eu gosto muito quando publicam
    matérias a respeito da Katy*=*!
    Katy Perry 4ever!!*0*

  2. Lady replied:

    Diva ‘*-*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: